Comprovação cientifica de que todos viemos de Eva

Comprovação cientifica de que todos viemos de Eva

A genética molecular através de estudos do DNA mitocondrial mostra que todos vieram de uma única mulher. A comprovação disso se deu no ano de 1987, na Universidade da California (Berkeley), a pesquisadora Dr. Rebbeca L. Cann e equipe.

Resultado da pesquisa foi que todas as pessoas estudadas vieram de um mesmo ancestral feminino.

Publicação: Rebbeca L. Cann et al.. “mitochondrial DNA and human Evolution”, nature, vol. 325, 1 January 1987, p. 31-36.

dna ciencia

Dr. pegou o DNA mitocondrial, (sabemos que o DNA mitocondrial é algo que é passado de geração em geração apenas pela mãe, e nunca pode ser passada pelo pai).

Essa pesquisa mostrou que todos os DNA mitocondrial eram exatamente iguais, isso implica que nós e nossos antepassados foram gerados pela mesma mulher.

A ciência também provou que essa mulher viveu entre 6.000 a 6.500 anos atrás. Veja que mais uma vez a Bíblia tem nos mostrado sua verdade absoluta.

Publicado: Ann Gibbons. “Calibrating the Mitochondrial Clock”, Nature, vol. 279,2 January 1998, p.29

Talvez para um cético diga; mais isso não é possível, veja nossa variedade, cor, raça, etnias.

Vamos pegar apenas um desses argumentos aqui, a cor, pois ela é o que mais se destaca entre nós já que viemos de uma mesma mulher.

Tabela na variedade da cor da raça humana

tabela

Vamos supor que o Pai tenha esse material genético. E a mãe tenha esse material genético aqui apresentado pelo gráfico. É logico que o filho nasceria com uma combinação dos materiais genéticos. MM seria cor negra, e mm cor branca, então Mm e mM seria a mistura de cor em diferentes tonalidades.

Se Adão e Eva fossem MM (Padrão genético para cor negra) todos nós seriamos negros, se eles fossem mm (padrão genético para cor branca) todos nós seriamos brancos, então alguém deles eram Mn ou mM. Ou seja, a variação de informação genética de cor foi passada para os filhos, sendo assim o padrão de código genético poderia sofrer flexibilidade enquanto a sua cor. Veja:

De único casal gerou essa variedade que temos visto na foto ao lado, porém essa capacidade de variação tem uma limitação. Aqui é onde quebra a teoria da evolução.

tabela II

Quem mora na zona rural, e cria galinha sabe que a carga genética dos galos que cobrem as galinhas que por sua vez cobrem os pintos na maturidade, pode observar quando chega o limite da carga genética.

Quem trabalha com gado conhece muito bem isso, pois você precisa variar sua produção, então começa a variar, variar, variar, chega a dado momento que bateu o limite da variação genética, não existe mais variação. Você chegou no limite da informação genética.

Isso é o que a ciência tem verificado, aprendido e estabelecido como VERDADE CIÊNTIFICA. Porém a teoria da evolução simplesmente diz não! E afirma que existe evolução. Mais a ciência descobriu que a capacidade de variação das formas de vida é limitada. Aqui quebra toda ideologia do evolucionismo.